Eu tenho lágrimas e sorrisos pra gastar, e só quero “um veneno anti-monotonia”!

Ontem eu ainda tinha medo de vivenciar as coisas, hoje não mais. Não quero viver presa à desconfiança e ao receio, agindo de forma correta e repetindo o comportamento cheio de culpa e julgamento que eu repugno nas pessoas. Não quero saber de religiões ou de qualquer outra coisa que me faça ficar presa a verdades universais…  Eu nunca encontrei as certezas dessa vida e quero continuar assim, mudando de opinião nem que seja pra ver que eu estava errada e mudar mais uma vez.

Inconstância define, porque eu tenho 19 anos, algumas convicções e não posso cair na monotonia de me conformar com a vida e achar que é assim que tem que ser. Eu quero mais do que isso, quero ser feliz e também quebrar a cara sem medo de sentar na sarjeta e chorar minhas mágoas, porque é assim que se cresce e se constrói o que no futuro pode ajudar a levantar. Quero me livrar de tudo que me impede de sentir, viver e conhecer universos diferentes, mesmo que o preço a pagar por isso seja me debruçar em melancolias e soluços por um tempo. A gente chora, e não é só porque vive na ditadura da felicidade que não pode ficar triste!

Também quero me sentir contente por estar vivendo coisas simples, uma tarde com amigos, rindo, falando besteiras, tendo ataques de risos e assuntos insanos. Então vou me livrar também de toda gente chata e que nunca relaxa, que sempre vê problemas, fica preso a convencionalismos baratos e hipócritas, o que eu chamo de gente limítrofe. Nunca conseguem ir adiante de seus preconceitos adquiridos de não sei de onde.

Só sei de onde parto, e estou curiosa pra saber em que parte estranha de mim é que vou chegar. Quem sabe um dia eu possa contar… “Perfeição não é só sobre controle. Significa também se soltar.” Cisne Negro

 

Anúncios

12 comentários

  1. Querida, você é jovem, seja rebelde, rebelde no sentido de ter sua própria opinião, de não ficar calada, não cair na monotonia das pessias que querem padronizar o mundo, crie o seu próprio padrão.
    Bjos
    mariibrigadeiro.blogspot.com

    Curtir

  2. Texto muito foda! Isso reflete também a minha realidade de jovem rebelde, pois tenho 18 anos, tem coisas que eu sinto e vejo aforismo que mudam as minhas opiniões a cada período de idade.Nós q somos jovens não temos que temer a vida,.Vamos desfrutar os morangos na estrada e se tiver os jilós vamos comer mas, não vamos exagerar na dose.

    http://mundodorrx2r4r.blogspot.com/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s