“You either get tired fighting for peace, or you die.”

“Era uma vez um menino cheio de idéias estranhas. (…) Conversava com as Árvores e com as Pedras, e emocionava-se com elas, pela magnitude do que lhe contavam. Um dia as Árvores lhe disseram:
Sabe? No nosso Universo cada uma de nós cumpre o que lhe cabe, pela satisfação de fazer assim. Nenhuma de nós se exime da sua parte. Os humanos passam suas vidas a só fazer coisas que lhes resultem em tensões, infelicidade e doença. Não fazem o que realmente gostariam. Caem no cativeiro da civilização, trabalham no que não gostam para ganhar a vida e perdem-na, em vão, ao nada fazer de bom. Por isso tornam-se rabugentos, envelhecem e morrem insatisfeitos.  Procure você viver feliz como nós, pois alimentamo-nos, respiramos e reproduzimo-nos, tal como nos dá prazer. (…)”

Estava lendo um livro quando encontrei esse trecho e achei brilhante, traduzindo um pensamento que sempre achei importante: ninguém aguenta fazer algo que não gosta por muito tempo  sem começar a perder o gosto pela vida, e quando o assunto é infelicidade e insatisfação com a nossa rotina vale (quase) tudo pra mudar a situação, nem que pra isso seja necessário surtar. “Surtar para não enlouquecer”, surtar como um meio de achar o equilíbrio entre as nossas obrigações para com o coletivo e nossas responsabilidades e nosso compromisso com a nossa felicidade. Surtar a dois anos atrás foi a melhor coisa que me aconteceu, me impulsionou para um futuro cheio de possibilidades e pra longe da bolha existente na minha cabeça que além de me proteger do mundo, me impedia de viver muita coisa; me ensinou a ir em busca de paixões pessoais e não comportamentos idealizados pela sociedade, e ser um pouco mais egoísta na hora de tomar minhas decisões.

*O trecho é do livro Mensagens do Yôga, da Insituição Uni-Yôga.

** O título de de uma frase do John Lennon: “Ou você se cansa lutando pela paz, ou você morre.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s