A felicidade é imoral

Érico Veríssimo já dizia: “Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.”. E é verdade, vivemos à procura dela como uma forma de garantir a efetividade de nossas vidas. Seja quando estamos fazendo novos amigos, pensamos em que carreira seguir ou estamos à procura de um novo amor, nossa real motivação é a busca pela felicidade. Queremos ter a certeza de que não estamos desperdiçando o nosso tempo e nossa dedicação a troco de nada.

Mas parece que ser feliz é um tanto imoral.

Sempre nos disseram quando pequenos que não devemos nos achar superiores a ninguém, mas isso não significa que temos que ser piores do que todo mundo e deixar que nos tratem como se fôssemos inferiores em algum aspecto. Não somos e, aliás, quem é que delimita o padrão do que é ser melhor ou pior do que alguém? Está na hora de conhecer mais o mundo, olhar mais profundamente para os outros e, depois, voltar os olhos para nós mesmo e ver que há uma quantidade enorme de idiotas muito mais idiotas do que nós!

A felicidade parece imoral por que abdicamos dela toda vez que nos impedimentos de viver experiências além da inércia por medo de recomeços. Imoral porque temos medo de lutar por aquilo que queremos, e eu digo lutar de verdade, com força, garra, dedicação e crença de que vamos ter sucesso no final das contas. A felicidade parece distante e irreal demais para ser alcançada, mas talvez não o seja!

Então, que nos hesitemos quando for necessário confiar em nós mesmos e agir, nem que seja preciso abrir mão de uma porção de coisas. Que não deixemos que a nossa felicidade, presente ou futura, seja abalada por quem apenas nos suga ao invés de ajudar para que sejamos sempre mais alegres. Que chutemos a rotina toda vez que ela for mais do que podemos aguentar. Que possamos ir de bicicleta toda vez acordar no horário para não perder o ônibus pareça mais difícil do que levantar um saco de pedras. Não precisamos rir da desgraça alheia e nem falar mal dos outros para que possamos nos sentir melhores conosco. Mas podemos agradecer sim aos idiotas e ao sucesso que eles, inevitavelmente, nos proporcionam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s